Personalidade criativa para a sua marca


Ao final deste artigo você vai responder:

 

Como o direcionamento criativo se diferencia do manual de identidade visual?

 

Por que é importante definir um direcionamento criativo para sua marca?

 

Como posso criar as diretrizes?

 

O direcionamento criativo serve para estabelecer como a marca deve se conectar com as emoções e sensações das pessoas, estabelecendo as regras de como uma marca deve se expressar criativamente enquanto o manual de identidade visual define como a marca deve se apresentar visualmente

 

Faz parte do direcionamento criativo: como alinhar sua marca com os cinco sentidos; quais emoções sua marca que provocar;

 

Faz parte do manual de identidade visual: dimensões do tamanho do logotipo, definição da paleta de cores.

 

O direcionamento criativo ajuda a manter a identidade da marca forte e verdadeira onde quer que ela apareça, ajudando ainda, a marca a se manter consistente e relevante.

 

O direcionamento criativo ajudou a AXE, que produz produtos de perfumaria para homens. No início a comunicação da empresa era baseada na no “homem macho” para ganhar mulheres, refletindo a masculinidade, mas com a evolução desse termo por parte da sociedade o direcionamento foi crucial para nova comunicação.

 

Vamos começar a fazer o direcionamento criativo da sua marca? O primeiro passo é construir a identidade da marca, se você ainda não sabe fazer, veja alguns conteúdos que preparei para você nesse tema. Quando você definir os adjetivos que definem a personalidade da sua marca os use para humanizá-la, dar valores e aspirações. Assim as pessoas podem se identificar e se envolverem com sua marca mais facilmente.

 

Use sinônimos da personalidade para definir o que tem a ver e o que não tem a ver com sua marca. Com essa etapa concluída, continue a personificação da marca, focando nos cinco sentidos, assim seu público vai lembrar mais e dar mais significado a sua marca. Para isso, você precisa abstrair. Exemplo, se sua marca for de estofado, o gosto pode ser doce, pois quem come um doce aprecia e relaxa. Se tivesse um cheiro, seria cheiro de flores, aquele cheirinho bom e agradável. Faça isso com cada sentido (visão, olfato, paladar, tato, audição)

 

Para o sentido da visão, selecione paletas de cores, fotos e ilustrações que representam a marca. Para o sentido do tato, descreva a forma e textura da marca (suave, áspera, leve, pesada). Qual é a assinatura afetiva da sua marca? Floral? Adocicado? E a assinatura sonora? Qual seria uma música para sua marca e o timbre da locução? Então, decida o paladar, se sua marca fosse uma comida ela seria apimentada? Doce? Ácida? Como seria um buffet da sua marca?

Agora está na hora de colocar a mão na massa, qualquer dúvida, comenta aí.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

8 − 3 =

error: checked
error: Este conteúdo é autoral e protegido
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x